A Grafomotricidade e o Desenvolvimento da Criança

O Desenvolvimento Grafomotor da Criança

Grafomotricidade é o conjunto das funções motoras referentes ao desenvolvimento da atividade gráfica. É a soma das habilidades básicas que irá permitir o desenvolvimento da pré-escrita e da escrita.

Sem dúvida que a  escrita é a atividade mais elaborada e complexa da função manual. Por esse motivo o treino da motricidade fina irá permitir que a criança aprenda a utilizar e a dominar o seu próprio corpo.

Note-se que a prevenção de eventuais problemas ao nível da grafia passa pela realização de atividades de treino da coordenação motora fina. Esta coordenação é a capacidade da criança executar movimentos finos com controlo e destreza.

É evidente que possuir só uma coordenação fina não é suficiente. Por esse motivo, é necessário que haja uma boa coordenação oculomanual.

Na verdade, a criança, quando está a desenvolver o seu processo da escrita, irá depender de diversos fatores, tais como:

É evidente que o desenvolvimento da criança e da sua expressão gráfica não se deve somente a uma evolução temporal. Deve-se também a fatores culturais e do meio que as envolve.

Pré-Escolar

A motricidade fina é uma das competências chave a ser desenvolvida desde tenra idade.

Na verdade, a grafomotricidade passa por um processo de construção e desenvolvimento gradativo até chegar à escrita de facto.

Note-se que o desenvolvimento grafomotor da criança, pelo menos até aos 3 anos, deve ser direcionado para a manipulação de objetos, atividades exploratórias, gatafunhos, rabiscos em espiral, círculos e desenhos circulares.

No entanto, a partir dos 3 anos, é aconselhável que os educadores comecem a estimular a criança para o treino de determinadas habilidades. Estas habilidades passam pelos desenhos de formas geométricas, figuras humanas, animais e, pela realização de atividades gráficas.

Aos 4 ou 5 anos de idade, a criança já passa a ter uma capacidade maior de preensão.

 

1.º Ciclo

É evidente que o desenvolvimento de uma boa escrita é resultado do processo de treino da coordenação motora fina. Desta modo, uma das maneiras mais eficazes de se treinar a criança ocorre por meio de exercícios que envolvam os movimentos das mão

Porém, por volta dos 6 e 7 anos de idade, a criança vive o momento de plena maturação grafomotora. Por outras palavras, a criança vive a fase da aquisição da escrita.

Se, nesta fase, ainda forem evidentes as dificuldades ao nível da motricidade fina e da grafomotricidade ou disgrafia, é importante que seja feita uma avaliação especializada, de modo a delinear um plano de intervenção. Esta intervenção irá ajudar a criança a melhorar significativamente o seu desempenho.

3 comentário em “A Grafomotricidade e o Desenvolvimento da Criança

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *