Alternativas após o 9.º ano: Parte IV – Cursos Vocacionais e Ensino Recorrente

Este será o último artigo da série Alternativas após o 9.ºano. Ao longo de quatro artigos, exploramos as diversas opções existentes para completar com sucesso o Ensino Secundário:

Começamos por referir os Cursos Científico-Humanísticos, passamos pelos Cursos com Planos Próprios e de seguida mencionamos os Cursos Artísticos Especializados e os Cursos Profissionais 

No artigo de hoje vamos abordar os Cursos Vocacionais e o Ensino Recorrente. Desta forma, terminamos de explorar todas as alternativas para seguir o Ensino Secundário.

Cursos Vocacionais de Nível Secundário

Os Cursos Vocacionais são indicados para os jovens que, no final da escolaridade obrigatória, pretendam ter uma saída profissional concreta.

Para tal, empresas, entidades e instituições parceiras, sediadas na área geográfica das escolas contribuem para um determinado projeto. O objetivo é que se envolvam na realização dos estágios de formação em contexto de empresa. Assim, as empresas irão contribuir para a leccionação da componente vocacional.

Os Cursos Vocacionais são o resultado deste envolvimento entre comunidade educativa e meio empresarial.

Por outras palavras, os Cursos Vocacionais pretendem assegurar a criação de uma oferta de ensino secundário coordenada com empresas.

Estes cursos deverão, por um lado, dar resposta ao interesse dos jovens, mas por outro, responder às necessidades das empresas.

Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos, onde existe:

Ensino Recorrente

O Ensino Recorrente apresenta-se como uma segunda oportunidade de educação. Assim, é destinado aos que dela não usufruiram em idade própria ou que não a completaram.

O Ensino Secundário Recorrente é um regime noturno, que concede uma certificação equivalente à que é obtida nos percursos de nível secundário que funcionam em regime diurno. Neste caso, este tipo de Ensino é organizado de forma autónoma no que respeita às condições de acesso, currículos, programas, avaliação dos alunos, etc..

Estes cursos organizam-se por disciplina, em regime modular, de acordo com um referencial de três anos e podem ser frequentados nas seguintes modalidades:

Em suma, podemos escolher entre seis opções distintas para terminar o Ensino Secundário.

Esperamos que no final desta série de artigos, a escolha para ingressar no 10.º ano seja feita de uma forma mais consciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *