5 passos para ter um Pega-Monstros

Lembra-se de há uns bons anos atrás as batatas fritas trazerem, como brinde, um Pega-Monstros?

Pois é, era eu criança e como eu muitas outras crianças adoravam esticar aquela massa colorida e atirá-la às paredes!

Aprenda agora connosco a fazer um Pega-Monstros em 5 passos. Certamente, terá aqui uma atividade prática muito interessante e estimulante para realizar com o seu educando.

Experimente…

Material

  • Água
  • Cola-líquida
  • Borato de sódio (compra-se nas farmácias)
  • Corantes alimentares (várias cores)
  • Gobelé
  • Copos de plástico pequenos (tantos quantos as crianças)
  • Espátulas
  • Balança
  • Proveta de 50ml

Procedimento

  1. Dissolva, num gobelé, 4g de borato de sódio em 100ml de água.
  2. Coloque 50ml de cola no copo de plástico e adicione-lhe 30 ml de água, mexendo com a espátula.
  3. Se pretender conferir cor ao Pega-Monstros, adicione 8 a 10 gotas de corante alimentar.
  4. Adicione cerca de 10 ml da solução aquosa de borato de sódio, previamente preparada, e mexa com a espátula.
  5. Retire o excesso de líquido e pode desfrutar do sólido obtido – o seu Pega-Monstros.

Observações

Os materiais de laboratório podem sempre ser substituídos por outros do dia a dia, por exemplo, em vez da proveta pode usar um copo medidor, em vez da espátula pode usar uma colher.

Explicação científica

Porque a explicação científica é importante, dependendo da faixa etária das crianças, pode proceder à seguinte: quando a solução aquosa de borato de sódio entra em contacto com a cola líquida ocorre uma reação química que origina o silicone. Obtém-se assim um polímero, ou seja, uma molécula grande, com propriedades elásticas.

Para preservar o Pega-Monstros deve guardá-lo num saco de plástico, para que este não desidrate.


Subscreva a newsletter do blog e seja notificado sempre que lançamos novos artigos.

Um comentário em “5 passos para ter um Pega-Monstros

  1. Sandra Gomes comentou:

    Lembro-me bem dos pega-monstros das batatas fritas 😊. Adorava brincar com aquilo. Vou experimentar fazer em casa. Agradeço a partilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *