Porque é tão importante as crianças terem contacto com a Natureza

Recorda-se das brincadeiras que tínhamos na natureza, enquanto crianças? Subíamos às árvores, encontrávamos joaninhas e outros insetos nos jardins, sujávamo-nos… No fundo, lembramos momentos felizes, graças à liberdade e oportunidade que tínhamos para explorar tudo o que nos rodeava.

No futuro, as gerações que se seguem terão certamente outras memórias para partilhar. A terceira idade do século XXI lembrar-se-á da televisão, das consolas e dos telemóveis possivelmente com a mesma nostalgia. No entanto, terão estas gerações acesso aos devidos estímulos para poderem crescer e desenvolver-se de forma saudável?

 

A opinião de quem estuda o tema parece ser consensual. A preocupação é de tal ordem significativa que já se deu um nome a esta crise: “Nature deficit disorder”. Traduzindo do inglês, significa “transtorno do défice da natureza”. De acordo com o Child Mind Institute, não há dúvidas: “é claro que as crianças passam muito mais tempo dentro e fora. Essa mudança deve-se em grande parte à tecnologia: uma criança americana passa em média 4 a 7 minutos por dia em brincadeiras não estruturadas ao ar livre e mais de 7 horas por dia na frente de um ecrã”.

Compreendemos que as brincadeiras e os interesses tenham mudado. No entanto, perder totalmente o contacto com a Natureza é algo que coloca estas novas gerações em desvantagem. A maioria dos estudos concorda que as crianças que brincam mais tempo ao ar livre são mais inteligentes, felizes, atentas e, ainda, menos ansiosas!

Sentidos mais apurados

Brincar ao livre permite às crianças desenvolverem a audição, a visão, o tato, o olfato e o paladar. Ainda que os videojogos proporcionem alguns estímulos, brincadeiras tão simples com areia ou com flores e terra são ainda mais completas.

Imunidade fortalecida e crianças mais saudáveis

Um benefício bastante evidente, mas não deixa de ser um dos mais importantes. O contacto com a Natureza promove o fortalecimento do sistema imunitário das crianças. Além disso, tendo maior liberdade, as crianças acabam por correr, saltar e mexer-se mais, contribuindo para um estilo de vida mais saudável.

Ensina a responsabilidade

Se não tratarmos das plantas, elas podem ficar muito maltratadas e podem acabar mesmo por morrer. Ao confiarmos numa criança para plantar e cuidar numa planta, ela irá ver pelos seus próprios olhos o que pode acontecer se não mantiver o seu sentido de responsabilidade.


 

Aproveite a campanha de descontos até 20% que está a decorrer na loja online ABC Escolar!

Mini estufas para as crianças poderem semear e cuidar das plantas, conjuntos de jardinagem, visualizadores de insetos…. Encontre estes produtos e muitos outros a preços imperdíveis.

Este artigo foi publicado em Pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *