A Perturbação do Processamento Auditivo e o Desempenho Escolar da Criança

Em que consiste a Perturbação do Processamento Auditivo?

A Perturbação do Processamento Auditivo é uma disfunção no processamento neural do estímulo auditivo, que interfere com a capacidade de reconhecer e interpretar corretamente os sons. Ou seja, as pessoas com esta perturbação conseguem detetar ou ouvir normalmente os sons, mas não os consegue compreender e, assim, descodificar as informações sonoras recebidas.

Na verdade, a PPA caracteriza-se pela incapacidade de processar a informação auditiva de forma adequada e de atribuir um significado a essa mesma informação. Esta perturbação afeta as atividades auditivas, nomeadamente a localização e a lateralidade sonora; a discriminação auditiva; o reconhecimento de padrões auditivos e a perceção dos aspetos temporais.

A Perturbação do Processamento Auditivo pode ainda surgir associada a outras perturbações ou dificuldades: Perturbação Específica da Aprendizagem da Leitura (Dislexia) e da Escrita (Disortografia), Perturbação de Hiperatividade e/ou Défice de Atenção, Perturbações Fonológicas (com repercussões na fala), Disfonia (alteração da voz), entre outras.

Conheça as causas e os sintomas associados à PPA

As causas da Perturbação do Processamento Auditivo são variadas e as mais comuns são:

A PPA pode estar relacionada a um grande número de manifestações comportamentais e a uma variedade de sintomas. Estes sintomas costumam produzir dificuldades diárias no processo de comunicação oral, na leitura e na escrita, incluindo o desempenho escolar e a compreensão da linguagem. Alguns dos sintomas são também muitas vezes confundidos com problemas de aprendizagem, défice de atenção, dislexia, mas também com traços da personalidade da criança.

Para além das dificuldades elencadas anteriormente, é imperativo referir que a criança com PPA troca, com alguma frequência, as letras l e r na fala, mas também na escrita, com a inversão das letras b, d, p e q, tal como troca letras com sons semelhantes, como por exemplo, p/b, t/d, f/v, m/n. A criança sente ainda necessidade que o interlocutor repita constantemente ou explique melhor a mensagem que pretende transmitir, principalmente quando se encontra em ambientes mais ruidosos. Estes ambientes provocam na criança um grande incómodo, levando-a a distrair-se com muita facilidade, a sentir-se cansada ou agitada.

A importância do diagnóstico precoce

É extremamente importante que o diagnóstico seja feito o mais precocemente possível, de forma a permitir que o desempenho escolar da criança não fique comprometido. Na infância, a criança apresenta uma grande plasticidade neural, o que permite uma resposta positiva às estratégias de intervenção por parte de uma equipa multidisciplinar. Nesta equipa multidisciplinar, para além do trabalho realizado por terapeutas e de outros especialistas, os pais, a escola e os professores desempenham igualmente um papel preponderante para o desenvolvimento destas estratégias.

As estratégias devem passar pelo treino e estimulação das habilidades auditivas, mas também da fala/ linguagem, da escrita e da memória.

Escola: conheça algumas estratégias para trabalhar com crianças com PAA

Para trabalhar com crianças com PAA em contexto de sala de aula, sugerimos ao/à professor/a as seguintes estratégias:

Toobaloo: um precioso recurso para crianças com PAA

O Toobaloo é uma ferramenta pedagógica e educativa projetada para ajudar crianças com dificuldades na leitura e na oralidade. Esta ferramenta funciona como um telefone, que amplia a voz de forma a proporcionar um feedback auditivo instantâneo. O feedback auditivo é a tarefa da pessoa ouvir o som da sua própria voz enquanto fala.

O Toobaloo ajuda crianças com necessidades específicas, como por exemplo, com perturbação do processamento auditivo, com autismo, gagueira e dislexia. Ajuda-as a ler fluentemente, a pronunciar de forma mais percetível as palavras, a falar de forma articulada e a compreender aquilo que lê e diz.

Conheça algumas das principais vantagens que esta ferramenta educativa pode trazer para as crianças com PPA, nos artigos “Toobaloo – A ferramenta que ajuda a desenvolver a fala e a leitura” e “Toobaloo: principais vantagens na leitura, na fala e na linguagem”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *