4 Benefícios surpreendentes da relação entre avós e netos

Se os seus filhos têm a oportunidade de passar muito tempo com os avós, saiba que são uns sortudos. Não só eles, como os próprios avós!

A relação entre avós e netos é surpreendentemente benéfica para ambos.  Por um lado, os avós conseguem criar um ambiente de segurança, estabilidade, amor e diversão para os seus netos. Por outro, a relação próxima com os netos afasta os avós de sentimentos negativos, da solidão e da depressão.

Felizmente, em Portugal, os avós têm um papel central na vida dos netos. De acordo com os dados recolhidos pelo estudo “Caring for Children in Europe”, os avós portugueses estão disponíveis para cuidar dos netos. O apoio que dão é de tal forma intenso que chega a atingir as 30 horas semanais.

Por isso, para a generalidade das famílias, há tempo para desenvolver esta relação tão boa e tão importante. Os avós são, muitas vezes, os confidentes e cúmplices das crianças, tendo sempre e em qualquer momento um conselho para lhes dar. As crianças, com toda a sua energia e vitalidade, vão puxando pelos avós, tanto física como psicologicamente.

Conheça quatro benefícios desta relação e surpreenda-se!

  1. Uma perspetiva sobre a vida mais ampla e menos problemática

Quem teve, ou tem a sorte de passar tempo com os avós, certamente guarda muitos conselhos para a vida. A experiência e capacidade de ver o dia-a-dia com outros olhos, torna-os sábios conselheiros. Além disso, os avós conseguem dar conselhos que, vindos de uma mãe ou de um pai, teriam tendência para ser ignorados.

  1. Maior agilidade física e cognitiva

As crianças têm energia para dar e vender. Quando estão com os avós, conseguem levá-los para as suas atividades, tirando-os da sua zona de conforto. Seja através de um jogo mais físico, ou de um jogo no tablet, por exemplo, este tipo de atividades é muito importante para estimular algumas capacidades que podem ter entorpecido com a idade.

  1. Menor tendência para problemas de comportamento

As crianças que estão habituadas a passar tempo com os avós têm tendência para ter menos problemas de comportamento. A convivência com os avós ajuda a atenuar dificuldades de enquadramento em vários círculos sociais. Esta influência verifica-se particularmente na relação com outros adultos.

  1. Menor risco de depressão

Os netos são uma importante fonte de alegria para os avós. Numa altura em passam a ter mais tempo livre, é frequente sentirem-se mais sós e negativos. Por isso, o tempo com os netos é muito importante para a sua saúde psicológica. Além disso, responsabilidades como ir buscar os netos à escola, por exemplo, são fulcrais para que os avós se continuem a sentir úteis e capazes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *