Estratégias de cálculo mental para a adição e subtração

Depois do artigo que publicamos na semana passada, A importância do Cálculo Mental, vamos agora abordar algumas estratégias para a adição e subtração, de forma a tornar o cálculo mental um procedimento mais rápido e eficaz.

Como já mencionamos anteriormente, é necessário que a criança exercite desde cedo o cálculo mental, criando proximidade com os números, operações e as suas propriedades. Assim, é essencial que se desenvolvam competências de cálculo, para que se possam obter os resultados esperados.

As competências de cálculo mental começam a ser trabalhadas logo no 1º ano. Aliás, em Matemática, uma das metas curriculares do ensino básico para o 1º ano é:

Adicionar mentalmente um número de dois algarismos com um número de um algarismo e um número de dois algarismos com um número de dois algarismos terminado em 0, nos casos em que a soma é inferior a 100.”

Acima de tudo, mesmo para a nossa vida quotidiana, é essencial que estimulemos o cálculo mental. Se não tivermos o cálculo mental exercitado, como resultado, seremos facilmente enganados na hora de receber o troco!

Uma pequena, mas preciosa ajuda é conhecermos algumas estratégias que se podem aplicar na adição e na subtração. De seguida, iremos mencionar quatro destas estratégias que podem ser utilizadas para realizar este cálculo mentalmente.

Adição

Suponhamos que queremos calcular a soma 34 + 47.

34 + 47

À 1ª parcela é inicialmente adicionado um múltiplo de 10, sendo depois adicionada a parte restante:

34 + 40 = 74    e    74 + 7 = 81,    logo    34 + 47 = 81

 

À 1ª parcela é inicialmente adicionado um número aproximado da 2ª parcela, correspondente a um múltiplo de 10, sendo depois compensado o resultado:

34 + 50 = 84    e    84 – 3 = 81,    logo    34 + 47 = 81

 

 À 1ª parcela é adicionado um número correspondente a uma parte da 2ª parcela, de modo a que seja obtido um múltiplo de 10, sendo depois adicionada a parte restante:

34 + 6 = 40    e    40 + 41 = 81,    logo    34 + 47 = 81

 

Os números são decompostos em ordens e agrupam-se dezenas com dezenas e unidades com unidades:

30 + 40 = 70    e    4 + 7 = 11,    logo    34 + 47 = 70 + 11 = 81

Subtração de números naturais

Desta vez, queremos calcular a diferença 84 58.

84 58

À 1ª parcela é inicialmente subtraído um múltiplo de 10, sendo depois subtraída a parte restante:

84 – 50 = 34    e    34 – 8 = 26,    logo    84 – 58 = 26

 

À 1ª parcela é inicialmente subtraído um número aproximado da 2ª parcela, correspondente a um múltiplo de 10, sendo depois compensado o resultado:

84 – 60 = 24    e    24 + 2 = 26,    logo    84 – 58 = 26

 

À 1ª parcela é subtraído um número correspondente a uma parte da 2ª parcela, de modo a que seja obtido um múltiplo de 10, sendo depois subtraída a parte restante:

84 – 4 = 80    e    80 – 54 = 26,    logo    84 – 58 = 26

 

Os números são decompostos em ordens e agrupam-se dezenas com dezenas e unidades com unidades:

80 – 50 = 30    e    4 – 8 = – 4,    logo    84 – 58 = 30 – 4 = 26

 

Em conclusão, e como se pôde constatar pelos exemplos anteriores, não há uma estratégia melhor do que as outras. Dependendo dos casos, devemos escolher aquela que torne o cálculo mental mais fácil, rápido e eficaz.

 

Para que não restem dúvidas, descarregue abaixo mais alguns exemplos de como aplicar estas quatro estratégias.

  Descarregar exemplos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *