Alunos com Défice Cognitivo e a Aprendizagem da Matemática

A Matemática é uma disciplina de extrema importância e desempenha um papel decisivo no nosso dia a dia. Funciona como instrumento essencial para a construção do nosso conhecimento e desenvolvimento intelectual.

No entanto, devido principalmente à sua complexidade, a Matemática é uma disciplina que apresenta uma taxa de insucesso considerável.

Quando estamos perante alunos com dificuldades acentuadas a nível cognitivo, esta disciplina torna-se ainda mais difícil.

Neste sentido, é muito importante que se faça uma avaliação precoce das dificuldades destes alunos. Desta forma, dever-se-á definir um plano de intervenção que os ajude a colmatar as suas dificuldades.

Na intervenção pedagógica com os alunos com défice cognitivo, a escola e a família poderão garantir o sucesso deste plano, através da implementação de atividades adequadas e de estratégias pedagógicas diferenciadas.

Muitas destas dificuldades prendem-se com situações em que se apela à mobilização da capacidade de raciocínio. Deste modo, a contagem, assume-se como uma das primeiras e mais importantes experiências matemáticas das crianças.

Aprender Matemática

Pelos motivos referidos, vamos, de seguida, apresentar um recurso que ajudará os alunos com défice cognitivo, mas também os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo, a fazerem contagens, pequenas operações de adição, envolvendo números inteiros e/ou números decimais, conforme a maior ou menor complexidade da atividade proposta.

No entanto, a apresentação de situações concretas, de preferência ligadas ao dia a dia das crianças, é fundamental para a aquisição e compreensão de noções abstratas, como as operações matemáticas.

Desta forma, podemos contar, por exemplo, com a ajuda do seguinte recurso pedagógico “Ovos para Contagem”, para propormos atividades que não só despertem o seu interesse, como liguem a Matemática às vivências dos alunos.

Com este divertido recurso pretende-se, não só, que estes alunos reforcem e aperfeiçoem algumas aprendizagens na área da Matemática, mas também que explorem situações e consigam resolver problemas simples do dia a dia.

A forma como estes conceitos são apresentados, explicados e trabalhados fará toda a diferença no processo de aprendizagem destes alunos.

Competências e Habilidades

Este produto promove a combinação adequada das atividades na área da Matemática com o crescimento dos alunos do ponto de vista da autonomia, da responsabilidade e da criatividade.

Para além dos alunos poderem realizar atividades que lhes proporcionem satisfação e realização pessoal, por conseguirem atingir os objetivos pretendidos, a promoção deste tipo de atividades poderá ainda desenvolver uma série de capacidades como: a comunicação, a memória e o espírito crítico.

Um comentário em “Alunos com Défice Cognitivo e a Aprendizagem da Matemática

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *