Experimentar as Leis da Física

A Física, ai a Física… Tem tantas aplicações na nossa vida quotidiana, sem sequer nos apercebermos. Decerto, é impossível pensarmos numa explicação para grande parte dos fenómenos que ocorrem, sem a Física. Esta tem contribuído de forma imprescindível para o desenvolvimento de toda a tecnologia moderna, desde os telemóveis aos computadores quânticos.

Física

Por que está o Universo organizado desta forma? Como funciona um automóvel? Por que são os objetos atraídos para baixo? O que é a energia? Estas são algumas das perguntas que ocorrem e para as quais a Física procurou respostas, entre muitíssimas outras.

A Física é a ciência que estuda as leis e os princípios que dirigem o mundo que nos rodeia. Tenta definir grandezas essenciais para a compreensão do Universo, como a velocidade, a energia cinética, o campo magnético, bem como algo mais abrangente, que é a explicação para a origem e desenvolvimento do Universo. Esta área científica também procura chegar a leis, padrões ou relações entre as grandezas, tal como as Leis de Newton ou a Lei da Relatividade, de Einstein.

A força da gravidade

Sempre que experimentamos levantar uma mochila do chão, sentimos a força da gravidade ou a atração gravitacional.

O nosso planeta, com a sua enorme massa, 6×1024 Kg, atrai os objetos para o seu centro. É a força gravítica que confere o Peso aos objetos. Já aqui fizemos a distinção entre duas grandezas físicas importantes: Massa e Peso.

Centro de Massa

A Terra atrai-nos sempre com a mesma força? Em termos cientificamente rigorosos, não! A força da gravidade está direcionada para o centro da Terra, mais exatamente para o seu Centro de Massa ou Centro de Gravidade. Então, se estivermos ao nível das águas do mar, o nosso peso será maior do que se estivermos no Everest, a montanha de maior altitude do nosso planeta, onde o nosso peso será menor. Isto porque no Everest estamos mais afastados do centro da Terra e por isso menos atraídos pelo planeta. Mas atenção, estas diferenças são pequenas.

O Centro de Massa de um corpo é um ponto no qual estão aplicadas todas as forças que nele atuam, nomeadamente, o Peso.

Quando estamos de pé, apoiados na duas pernas, sentimos maior estabilidade do que se estivermos apenas numa perna. E, se no colocarmos de gatas? Temos apoiados os joelhos e as mãos, portanto, maior estabilidade e segurança vamos experimentar.

Tal como a Terra, todos os corpos possuem o seu Centro de Massa, que representa um ponto que determina a sua estabilidade/equilíbrio.

Um exemplo muito conhecido da aplicação destes conteúdos da Física é a Torre de Pisa, que apesar de inclinada não desmorona, pois a linha imaginária que passa pelo seu Centro de Massa não ultrapassa a sua base de sustentação, conforme se percebe pela figura abaixo.

Também os carros de Fórmula 1 estão devidamente estudados e são muito baixos, precisamente para aproximar o seu Centro de Massa da sua base de sustentação, que é a estrada, e assim permitir-lhes atingir altas velocidades sem perder estabilidade.

Pode-se inferir que a estabilidade de um corpo será maior quando o seu peso é maior; a sua base de sustentação é mais larga; o seu Centro de Massa está mais baixo; a força nas arestas é menor.

Atividade prática: Localizar o Centro de Massa


Subscreva a newsletter do blog e seja notificado sempre que lançamos novos artigos.

Um comentário em “Experimentar as Leis da Física

  1. Augusto Paços comentou:

    Excelente!!! Tão importante estas experiências. Assim nascem os engenheiros e os cientistas. Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *