Dia Mundial do Livro – 5 curiosidades sobre livros

O Dia Mundial do Livro celebra-se a 23 de abril. Já lhe falamos, aqui no blogue, sobre a importância da leitura, principalmente nos primeiros anos de aprendizagem da criança.

No entanto, hoje queremos trazer-lhe algo diferente, mais light, para animar a sua quarentena. Descubra algumas curiosidades interessantes sobre livros, quem os escreve e quem os lê!

  1. Compra demasiados livros e não os lê? Então pratica tsundoku

Há quem tenha por hábito comprar mais livros do que aqueles que consegue, de forma realista, ler. Consequentemente, deixa acumular na estante uma pilha de livros que, muito provavelmente, nunca serão folheados. Mas, é certo, sente um certo prazer ao fazê-lo.

É uma dessas pessoas? Os japoneses têm uma expressão para identificar este seu hábito – tsundoku.

  1. Bill Gates pagou 30,8 milhões de dólares por um livro

Apesar de ser uma das pessoas mais ricas do planeta, Bill Gates não é conhecido pelos seus hábitos consumistas. No entanto, em 1994, conseguiu comprar o livro “Codex Leicester”, de Leonardo da Vinci, num leilão, por 30,8 milhões de dólares.

Trata-se de um livro de 72 páginas, que contém esboços e ideias do autor sobre astronomia e botânica, entre outras áreas, e que foi escrito entre 1506 e 1510.

  1. “Os Miseráveis” inclui uma frase com mais de 800 palavras

O clássico de Victor Hugo inclui uma das maiores frases alguma vez impressa na história da literatura.

Ganhe fôlego e leia a frase, em inglês, clicando aqui.

  1. O povo islandês é o que mais lê

Os islandeses leem, escrevem e publicas mais livros do que qualquer outro povo. Numa população de cerca de 350 milhares de pessoas, estima-se que uma em cada 10 publique um livro, dando força à expressão islandesa “ad ganga med bok I maganum”. Literalmente, “qualquer pessoa dá à um luz um livro”.

Curiosamente, é também na Islândia onde existe uma tradição que conquistará facilmente aqueles que são apaixonados por livros. Na noite de Natal, os islandeses trocam livros entre si e passam o resto da noite lê-los.

  1. Um dos livros mais lidos no mundo é em língua portuguesa

Pois é… Com aproximadamente 150 milhões de cópias vendidas, “O Alquimista”, do brasileiro Paulo Coelho, é um dos livros mais lidos em todo o mundo.

“O Principezinho”, de Antoine de Saint-Exupéry, conquistou o pódio, com aproximadamente 200 milhões de cópias. A estes, justam-se “O Senhor dos Anéis” e “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, com 150 milhões e 120 milhões de cópias vendidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *